Câmara realiza última sessão ordinária do primeiro período legislativo

0
84

Discursos, apresentações de requerimentos e projetos marcaram a última sessão ordinária do primeiro período legislativo da Câmara Municipal. A exemplo das vezes anteriores, os parlamentares tiveram uma grande participação nos debates.

Jeorgenes Castro (PRB) falou sobre os males causados pelos fogos de artifício. Ele lembrou que pessoas idosas, crianças recém-nascidas, além de animais se assustam com o barulho provocado pelos fogos. Jeorgenes prometeu entrar com um projeto proibindo tal prática no município.Outro projeto de Jeorgenes é a criação do  Dia Municipal do Protetor de Animais.

A área da educação também foi debatida na sessão. Raphael Pessoa (MDB) sugeriu que fosse construído pelo Governo do Estado, um Centro de Educação Infantil. O equipamento atende crianças de zero a cinco anos, e já existe em várias cidades do Ceará.

Em termos de segurança, Aline do Hospital (PTB) pediu o apoio dos demais colegas, ao requerimento de autoria dela para que seja edificada, em Pajuçara, uma delegacia modelo. O benefício tem também o apoio do vereador Adauto Parente (DEM), pois é importante a implantação da delegacia.

Em termos de infraestrutura, Roberio Oliveira – o popular Berim (PSL) – solicitou a drenagem e capinagem das ruas R e L, ambas situadas na comunidade da Vila Buriti.

Pedido semelhante partiu de Francisco Antenor (PSDB): pavimentação asfáltica da Rua 7 de Setembro, no Pajuçara Park; enquanto Lucinildo Frota (PR) pediu a reforma e reparo na iluminação  da Escola Socorro Viana, no Novo Maracanaú.

Ivani Aguiar (PSL) requereu uma Academia Popular para a Rua Antonio Justa, no Alto da Mangueira. Tales Saraiva solicitou reparo no asfalto da Rua 19 do Conjunto Carlos Jereissati.

Helenita Sousa (DEM) solicitou uma nova pavimentação asfáltica para a Avenida José de Deus Alves Feitosa, no Conjunto Timbó.

Ainda durante a sessão, Patriarca Neto (PTB) falou da importância da inauguração de uma praça situada na Rua Lima Campos, no bairro Alto Alegre, na periferia da cidade.

Duas homenagens foram aprovadas na Câmara. Uma delas conferida ao nome do saudoso Pastor Simão, que deverá ser nome de uma praça, no Conjunto Jereissati. Demir Peixoto (PR) – autor do projeto – lembrou o trabalho do pastor em prol da Assembleia de Deus.

A outra homenagem foi conferida a uma líder comunitária no Parque Tijuca. Uma rua ainda sem denominação deverá receber o nome de Maria Helena Ferreira. O projeto é de autoria de Raphael Pessoa.